quarta-feira, 16 de março de 2016

Sobre a dificuldade dos recomeços...

Não importa o que as outras pessoas digam, ou se é fácil pra elas, pra mim, recomeços são sempre difíceis, pq eu sou extremamente perfeccionista e a necessidade de recomeçar algo deixa evidente uma falha, como nesse caso, recomeçar na dieta, significa que em algum momento eu a deixei de lado e deixei minha compulsão alimentar falar mais alto.

E pq fazer dieta é tão difícil? Pq eu gosto de comer! Eu tenho compulsão alimentar, eu como meus sentimentos e acabo engordando absurdamente, por isso é tão difícil. Ah! Mas pq vc não procura uma atividade física então? Então, eu não sou muito fã de atividade física, mesmo.



Mas é pq vc ainda não achou uma atividade física que você goste...ahn... não! A não ser que achem um jeito de perder peso vendo séries e filmes, acho difícil. A academia ainda me apetece pq eu descobri a mágica de apoiar o meu kindle no painel da esteira e ficar lendo enquanto caminho, o que faz com que eu consiga suportar todo o tédio de ficar caminhando por meia hora parada no mesmo lugar, ou então, eu fico ouvindo os podcasts que eu gosto.

Sério, esse lance de achar um exercício que eu goste é muito complicado. Eu tenho condromalácia patelar nos dois joelhos, fazer exercícios faz meus joelhos doerem, eu sou obesa, eu sinto falta de ar com qualquer exercício mais puxado e eu não tenho a menor noção de ritmo ou coordenação motora para fazer aulas de dança, apesar de que, dança talvez fosse um grande motivador para mim, mas acho que só e mesmo assim pq é algo que sempre fui frustrada por não saber.

Estou dando desculpas? Não! Eu sinto dor de verdade (e tenho ressonâncias magnéticas pra provar). Caminhar dói, fazer musculação em dia de perna dói, tudo isso dói. Fica em pé em um salto minimamente alto por mais de uma hora para um castigo eterno de dor.

Mas, basicamente é isso, recomecei a dieta há alguns poucos dias, ainda não voltei pra academia, pq como faz alguns anos que me recuso a tomar remédios pra fazer dieta, então eu tenho tremores de hipoglicemia pq meu corpo reclama do corte de calorias que a alimentação saudável proporciona e eu me sinto absurdamente cansada. Acredito que amanhã ou sexta eu retorne pelo menos a fazer esteira pq já devo me sentir um pouco melhor, tanto da fome, quanto da amidalite que me assolou nesses últimos dias.

Bom, é isso, estou recomeçando a dieta, sinto fome emocional o tempo quase todo e Pedro me convenceu que escrever sobre isso, retomando meu blog poderia fazer algum bem, ou me inspirar a voltar a escrever de alguma forma. Ou pelo menos me animar um pouco.

1 comentários:

Nanny Nascimento - A Sonhadora disse...

Esse é um problema de todas nós. Como meus sentimentos, aprendi a gostar de exercícios físicos pelos seus resultados, perceber que a dor da fibromialgia que me matava no início diminuiu conforme a musculatura ficava forte e o peso reduzia. Perceber que já não faltava ar para atravessar a passarela, que já dava pra mudar de posição na cama. Mas leva tempo, e se eu faltar um dia no exercício, voltar no dia seguinte é quase masoquismo. E escapar da dieta? Um chocolatinho só, porque estou deprimida e a vida tá uma merda e não tem ninguém aqui pra me dar colo, vira uma caixa inteira em um final de semana (passado, inclusive). A promessa de abrir a matrícula na academia já tem quase 3 meses. O que descobri é que motivação, apoio moral, companhia faz toda diferença. A maior parte de nós sofre muito para emagrecer. Geralmente são os resultados que nos impulsionam, mas eles demoram. Então grupo de apoio faz toda diferença. Juntas vamos vencer essa luta diária.

Postar um comentário